Caravana visita Serra Talhada

Serra Talhada

O primeiro município visitado pela Caravana da Seca nesta terça-feira (17/09) foi Serra Talhada, conhecida como a entrada do Sertão. Em grupos divididos, os caraveneiros seguiram para suas atividades em busca de informações da qualidade de vida dos moradores e dos serviços públicos e sobre os transtornos causados pela seca.

O grupo da fiscalização seguiu para o Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães (Hospam) e encontrou uma estrutura relativamente boa, entretanto, um ponto que chamou a atenção dos fiscais foi a baixa quantidade de partos realizados na unidade. “O Hospam realiza em média 80 partos no mês, quando tem equipe e capacidade para uma demanda maior. É menos de três partos por dia. Não é compreensivel que os demais partos sejam encaminhados para a rede privada conveniada”, questionou o médico fiscal Otávio Valença.

A outra equipe de caravaneiros foi muito bem recebida na Escola Municipal Antônio Medeiros, no bairro da Borborema em Serra Talhada. O grupo da nutrição medio e pesou os alunos que faziam filas no pátio da escola. Segundo a médica fiscal, Poliana Neves, a maioria dos estudantes estão com o peso adequado para a idade. Porém, os relatos locais indicam que há um alto índice de consumo de drogas e falta água na cidade.

Para a professora Josefa Paula esses momentos são fundamentais para avaliar a evolução dos alunos. “Essas ações são maravilhosas para incentivar a escola a verificar a saúde das crianças” explicou. Ainda na opinião da professora, na escola, a saúde é boa. “Todos os meses um agente de saúde verifica o pesa, altura dos alunos. Além disso, quando tem alguma campanha de vacinação as crianças também recebem as doses”indicou.

Já os cuidados com os professores, a médica cardiologista, Malu David, aferiu a pressão dos funcionários da escola. Segundo a médica, cerca de 50 % das pessoas atendidas sofriam de hipertenção, estavam descompensados e não tomam remédios. O grupo de caravaneiros ainda encontrou irregularidades na merenda, uma vez que nem todo alimento vai para os estudantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s