Mais um hospital notificado na Caravana Cremepe/Simepe

Verdejante – A Caravana Cremepe/Simepe esteve nesta quinta-feira (25/08) à tarde em Verdejante. Como já constatado pela caravana em outros municípios, a unidade mista da cidade também não apresenta estrutura mínima para o atendimento emergencial aos pacientes.

Na unidade falta material básico de atendimento, não há qualquer internamento, não havia médico no local e o fim de semana também funciona sem médico. O hospital foi notificado pela Dra. Polyanna Neves, médica fiscal do Cremepe  e terá um prazo inicial de 120 dias para resolver os problemas encontrados. Apesar de tantos problemas, de acordo com a secretária de Saúde Dayane Tavares, o município investe 40% dos seus recursos na pasta. Ela informou que os médicos atuam em uma escala de um com 48 horas e outro com 72 horas. Escala que fatalmente prejudica a qualidade dos serviços oferecidos à população.

PSF de primeira – Contrastando com a situação da unidade de saúde local, o Programa de Saúde da Família (PSF) é um exemplo de eficiência. De todos os municípios visitados pela caravana até agora, este foi o único que oferece cobertura de 100% no município. São 23 agentes comunitários que atuam em quatro PSFs, sendo dois urbanos e dois rurais, beneficiando um total de 740 famílias com médicos, dentistas e enfermeiros todos os dias nos dois turnos. A eficiência do serviço é garantida pela dedicação da gestão do PSF, que promove reuniões semanais e extraordinárias, quando necesário.

Em Verdejante há 11 escolas municipais e uma creche, sendo 10 escolas na zona rural e uma na sede, num total de 2.500 alunos. A zona rural, que concentra o maior número de alunos, atende 1.900 estudantes. A Dra. Maria Aléssio, médica fiscal do Cremepe, constatou que os alunos do município contam com transporte escolar de boa qualidade, com ônibus novos e bem equipados.

O município colhe benefícios com as obras da Transnordestina com grande número de contratação de trabalhadores locais, o que tem provocado receio com a proximidade do término das obras. A cidade tem uma triste constatação: os pesquisadores da caravana confirmaram as estatísticas que apontam que mais de 20% da população sofre com algum tipo de deficiência física e encontraram, só em uma casa, quatro cadeirantes, em más condições de assistência.

Anúncios

2 comentários em “Mais um hospital notificado na Caravana Cremepe/Simepe

  1. Francisco disse:

    Gostaria que os profissionais que fisseram parte desta caravana informassem; baseados em que estatista eles levantaram este percentual de 20% da população de Verdejante sofre de algum tipo de deficiencia, isso é no minino ridiculo. Estas pessoas passam 3 horas na sua cidade e detomam sem razão em ao mesmo um debate seguro com dados concretos e com estastisticas reais. Acho isso tudo uma perca de tempo, se falta o que fazer nos hospitais da capital sobra serviço no interior.

    • cremepe disse:

      São com base em estudos científicos efetuados por equipes de profissionais especializados em saúde mental, que constataram dor psíquica em mnais de 60% da população por aplicação de questionário específico, validado internacionalmente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s