Equipe técnica desconhece desfibrilador

Oxímetro e Desfribilador

Cedro – O fato aconteceu no município de Cedro, localizada no sertão do Estado, há 560 quilômetros do Recife. A caravana Cremepe/Simepe chegava para a primeira cidade visitada nesta terça-feira (23/08). A Dra. Polyanna Neves, médica fiscal do Cremepe, foi à Unidade Mista José Urias Novais e questionou se no local tinha desfibrilador. Após afirmar que sim, as enfermeiras de plantão voltaram trazendo um oxímetro, utilizado para medir a quantidade de oxigênio no sangue de um paciente e, em sua maioria, são conectados a um monitor, que também mostram a freqüência cardíaca. A unidade foi notificada pela fiscal do Cremepe pela falta do desfibrilador. No mesmo local também não havia médico, que só apareceu após ser chamado por funcionários.

Os problemas da Unidade Mista não param por aí. A sala de parto não tem material de reanimação e as instalações sofrem com a falta de estrutura. As consultas médicas não contam com notificação de violência contra a mulher e os profissionais não sabem sequer que existe essa exigência.

Os debates ocorreram no Centro Pastoral Luiz Guanella e contaram com a participação do prefeito da cidade, Josenildo Soares Leite, que contestou algumas denúncias apresentadas no local. Populares denunciaram que há uma forte influência política nas ações do PSF, com orientações distintas para os profissionais que atuam na área.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s